sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018


St. Valentine’s Day  ... na BE!

Como já faz parte da tradição da nossa escola, o grupo de Inglês, em parceria com a Biblioteca Escolar, está a comemorar o St. Valentine’s Day (Dia dos Namorados) celebrado a 14 de fevereiro. Apesar de neste ano o dia 14 ter sido na interrupção letiva do Carnaval, os alunos realizaram postais que foram expostos no espaço da BE e poderão ser admirados ainda durante uns dias.
O espaço da biblioteca, como é habitual, foi decorado a preceito. Logo à entrada da BE, um parzinho amoroso enternece o coração e atrai magneticamente os olhares de todos que passam pelo pavilhão A. Joaninhas e malmequeres tornam o ambiente colorido, harmonioso e romântico, criando já uma atmosfera primaveril, que rapidamente chegará!
Os alunos poderão ainda escrever cartas de amor e/ou amizade e depositarem-nas na nossa singular caixa de correio - "Joaninha do Amor" – para serem distribuídas no próximo dia 19 de fevereiro.



É de realçar e agradecer o habilidoso e incansável trabalho da assistente operacional, Margarida Morais, na colossal produção dos elementos decorativos, assim como à professora Carla Sordo que imaginou e criou o ambiente decorativo da nossa BE!

A todos os intervenientes na atividade os nossos parabéns!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018


No âmbito da disciplina de Cidadania, as turmas 8ºA, 8ºB e 8ºE, assistiram a sessões dinamizadas pela Câmara Municipal de Sintra, sob a temática Educar Para o Consumo, tendo sido abordados os subtemas “Direitos e Deveres dos Consumidores” e “Gestão do Orçamento”.
Este ciclo de palestras ocorreu na semana de 5 a 9 de fevereiro, no espaço da biblioteca escolar, tendo como objetivo sensibilizar, formar e criar uma cultura escolar para a causa do consumo consciente dentro e fora da escola.
Parabéns às professoras Ana Costa, Berta Bagorro e Rosa Dias por proporcionarem aos seus alunos a participação neste tipo de iniciativas, em que os alunos apreendem o conceito e a prática do consumo consciente.

Profª bibliotecária
Lígia Freitas

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Storytelling: a arte de contar histórias!



O grupo de Inglês do 2º ciclo, com o apoio do delegado escolar, João Guimarães, representante da Rede Escolar ASA, proporcionou, no dia 7 de fevereiro, no espaço da BE, cinco sessões da atividade Storytelling, dinamizadas pelo exímio contador de histórias, Dave Tucker, envolvendo todas as turmas do 5º ano de escolaridade.
Em cada sessão foram sugeridas 5 histórias e a mais votada foi narrada por Dave que através das palavras, gestos, sons e imagens gerou entusiasmo e cativou a assistência.
A história mais votada foi James and the Giant Peach, de Roald Dahl. Os alunos, num momento de descontração e lazer, interagiram gestualmente, realizaram desenhos de algumas personagens e desenvolveram competências comunicativas ao nível da compreensão oral da língua inglesa.




Mais um exemplo de uma boa prática pedagógica estimulante da aprendizagem!
Parabéns ao grupo de Inglês pela excelente iniciativa!

Obs: Para quem ficou curioso e quer saber o final da história, pode requisitar, na nossa BE, o livro mencionado, na versão portuguesa, James e o Pêssego Gigante.


Profª bibliotecária
Lígia Freitas

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Ação Educar Para o Direito


Como já tínhamos anunciado no post anterior, a Drª Paula Varandas, detentora de uma comunicação assertiva, carismática e sociável, realizou no dia 6 de fevereiro, na BE, duas sessões, abordando matérias de natureza criminal, importantes na formação dos nossos alunos, nomeadamente, a violência no namoro, a droga, Bullying, Ciberbullying, injúrias, ameaças, furto e roubo, recorrendo a casos concretos e a imagens representativas deste tipo de condutas, tendo gerado uma elevada recetividade na plateia.

Parabéns pelo Projeto e obrigado à Associação de Pais pela preciosa colaboração!


A equipa da BE

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Palestras Educar Para o Direito


 É com enorme satisfação que a BE irá receber no próximo dia 6 de fevereiro, a advogada Drª Paula Alexandra Varandas criadora do Projeto Educar para o Direito,que já é considerado uma mais-valia junto das escolas, no âmbito da Educação para o Direito, tendo como objetivo esclarecer quais as consequências das atitudes/condutas erradas dos jovens face ao não cumprimento da Lei.
A atividade é organizada pela Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola DDJ e conta com o apoio institucional do “Fórum Justiça Independente”.

Temos a certeza que será uma experiência enriquecedora na formação dos nossos alunos!

A equipa da BE

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Educação Para o Consumo




Nos dias 5, 7, 8 e 9 de fevereiro vai decorrer na nossa BE um ciclo de Palestras dinamizadas pela Câmara Municipal de Sintra, no âmbito da temática "Educar Para o Consumo".
Estas palestras serão realizadas no âmbito da disciplina de Cidadania, para as turmas 8ºA, 8ºB e 8ºE. Mais uma iniciativa que pretende aliar o currículo à esfera de atividade da Biblioteca Escolar.

A equipa da BE

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Dia Escolar da Não Violência e da Paz



Anualmente, a 30 de janeiro, celebra-se o Dia Escolar da Não Violência e da Paz que tem como objetivos alertar os alunos, os professores, toda a comunidade educativa e os governantes para a necessidade de uma educação para a paz, que promova valores como o respeito, a igualdade, a tolerância, a solidariedade, a cooperação e a não violência, estimulado a comunicação entre todos (impedindo situações de bulling), de forma a desenvolver e a fortalecer o espírito de amizade.
 Esta iniciativa foi instituída, em 1964, em Espanha, pelo pedagogo, pacifista e poeta espanhol Llorenç Vidal Vidal, tendo sido disseminada a nível internacional.
 O dia 30 de janeiro foi escolhido por assinalar o falecimento do grande pacifista indiano Mahatma Gandhi.
 Em Portugal realizam-se diversas atividades nos agrupamentos escolares e a nossa escola não foi exceção. Na disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica os alunos realizaram trabalhos que foram expostos no espaço da biblioteca escolar e que podem ser apreciados.
  
Profª bibliotecária

Lígia Freitas

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

1,2,3, CURIOSIDADES À VEZ!


Mensalmente, a BE disponibilizará um placar com curiosidades sobre efemérides, invenções, factos históricos, etc, tendo como objetivo proporcionar aos utilizadores da biblioteca, um espaço de informação. Pretende-se que seja simultaneamente pedagógico e lúdico, estimulando no aluno a procura de informação, contribuindo para o seu conhecimento cultural.
Lê, descobre e aprende!
Podes deixar a tua opinião ou o teu comentário na “Caixa de Sugestões”!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

domingo, 28 de janeiro de 2018

EM DIREÇÃO À … EXPOSIÇÃO ROSA DOS VENTOS!

De 24 de janeiro a 1 de fevereiro, no espaço da biblioteca escolar, está patente a Exposição Rosa dos Ventos, dinamizada pelo grupo de Geografia, em que se podem contemplar criativas Rosa dos Ventos produzidas com materiais recicláveis, realizadas pelos alunos de 7º ano de escolaridade.

Os alunos deram asas à imaginação e realizaram trabalhos em que o engenho e a habilidade conferiram um colorido gracioso, que capta a atenção dos visitantes. É também digna de destaque a variedade de materiais utilizados, nomeadamente: cápsulas de café, tampas de garrafa, rolhas de cortiça, fósforos, esferovite, peças de lego, cartão, cartolinas, folhas de eva, palhinhas, penas, madeira, cortiça, paus, algodão, esponja, arame, entre outos.

Esta exposição é também alvo de Concurso e por isso sujeita a votação. Assim, todos os visitantes podem admirar os trabalhos e votar no seu preferido.

Após o dia 1 de fevereiro, divulgaremos os trabalhos premiados, assim como os seus autores.




Parabéns aos alunos pelo empenho na realização dos trabalhos e aos professores por promoverem atividades que desenvolvem a aprendizagem de forma lúdica, estimulando ao mesmo tempo a criatividade dos alunos.


Visitem a exposição, apreciem os trabalhos e votem na Rosa dos Ventos preferida!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

“Miúdos a Votos” está de volta!
Na DDJ, 190 alunos já participaram na 1ª fase!



Tendo em conta o sucesso desta iniciativa no ano letivo transato, a Rede de Bibliotecas Escolares e a VISÃO Júnior voltam a organizar a iniciativa Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes? que dá às crianças e jovens a possibilidade, através de uma eleição realizada em todas as escolas, de votarem no livro de que mais gostaram até hoje.
A Biblioteca Escolar da DDJ já efetuou o Recenseamento da Escola e apoiou a Apresentação de Candidaturas, que excedeu todas expetativas, graças à colaboração ativa dos professores de Português: 190 alunos da nossa escola participaram nesta 1ª fase, tendo indicado o livro que candidatam à eleição.

A BE agradece particularmente aos professores e aos alunos das turmas 5ºA, 5ºB, 5ºE, 5ºI, 6ºA, 6ºB, 6ºC, 6ºD, 6ºG, 6ºL, 8ºA, 8ºC, 9ºB e 9ºC pelo seu envolvimento e valioso contributo na iniciativa!
Até 1 de março, será divulgada a lista final nacional dos livros candidatos, por cada ciclo/nível de ensino, que irão a votos no dia 23 de abril de 2018.
Após a divulgação nacional desta lista, entre 5 de março e 21 de abril, os alunos que queiram fazer campanha eleitoral por um livro inscrevem-se junto do professor de Português ou da profª bibliotecária. Nesta fase, os alunos partidários de cada livro defenderão publicamente o livro de que mais gostam.
A VISÃO Júnior, a VISÃO e a Rádio Miúdos farão a cobertura da campanha eleitoral e darão espaço aos candidatos, tanto nas suas edições impressas, como nos seus sítios na internet e nas redes sociais.

No nosso blogue e facebook iremos acompanhar, passo a passo, a campanha dos nossos candidatos e prestaremos todo o apoio necessário.


Desejamos que tenham o sucesso do ano passado! Boa sorte a todos!

Nota: Para quem desconhece, vale a pena ver a entrevista que os nossos alunos fizeram, no ano passado, numa emissão em direto da Rádio Miúdos ao Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, ao Secretário de Estado, João Costa e ao Presidente do Grupo Impresa, na Cerimónia de apresentação dos resultados:

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA
12ª Edição – 2017/2018



O nosso Agrupamento está a participar no Concurso Nacional de Leitura, promovido pelo Plano Nacional de Leitura, em articulação com a Rede de Bibliotecas Escolares; a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas; o Instituto Camões, a DGAE/DSEEPE e a RTP.
Este Concurso desenvolve-se em duas fases: Regional e Nacional.
A 1ª fase engloba a Prova na escola, fazendo intervir, de forma decisiva, as Bibliotecas Escolares. No nosso Agrupamento as obras selecionadas são:

·         2º Ciclo Três Fábulas, de Ana Mª Magalhães e Isabel Alçada.
·         3º Ciclo Estórias Abensonhadas, de Mia Couto.
·         Secundário O Perfume, de Patrick Suskind.




A Prova realizar-se-á no dia 15 de fevereiro, no espaço da Biblioteca Escolar/Mediateca Escolar. Os vencedores, um por cada nível de ensino, competirão a nível municipal, entre 1 de março a 30 de abril. Esta etapa traduz-se na realização de provas públicas organizadas pelas Bibliotecas Municipais, dirigidas aos vencedores do período anterior. As provas deste 2.º momento, decorrerão no dia 25 de abril e são elaboradas, à semelhança do ocorrido na etapa anterior. O 3º momento decorrerá entre 1 e 31 de maio. Este momento congregará os vencedores de cada concelho (2 por cada nível de ensino) para a realização de provas escritas a nível intermunicipal e das áreas metropolitanas.
A final Nacional do CNL terá lugar a 10 de Junho de 2018, dia em que se celebra a língua portuguesa. O júri avaliará as prestações dos concorrentes finalistas e deliberará sobre a sua hierarquização, sendo atribuídos 1.º, 2.º e 3.º prémios e duas Menções Honrosas.
PARTICIPA! Informa-te junto do teu professor de Português ou na Biblioteca.

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O Incrível Rapaz que Comia Livros 
Alunos da SAEF visionam uma história sobre o prazer de ler!
  

No seguimento das atividades articuladas, em parceria, entre a Biblioteca Escolar (BE) e a Sala de Atividades Educativas Funcionais (SAEF) realizou-se, no passado dia 16 de janeiro, mais uma atividade, no espaço da biblioteca. Desta vez, os alunos visionaram o vídeo da história “O incrível rapaz que comia livros”, de Oliver Jeffers, que se encontra disponível no nosso Fórum de Leituras “Viagem pelo Mundo das Leituras”.
Os alunos ouviram atentamente a história e em trabalho conjunto responderam a um questionário de exploração da narrativa, com perguntas de escolha múltipla. Concluíram que o livro retrata a história de um menino que descobre o prazer de ler!
Depois, de forma lúdica, numa "folha labirinto", ajudaram o Henrique (o menino que comia livros …) a descobrir o caminho que o levava aos tão apetecíveis livros.
Esta atividade tendo como objetivo contribuir para a melhoria da compreensão leitora dos alunos, competência essencial ao seu desenvolvimento autónomo, foi realizada com interesse e empenho, tendo a BE oferecido a cada aluno, um livro, que será com certeza apreciado!

Para quem gosta de ouvir histórias em vídeo, divulgamos, uma vez mais, o link do nosso Fórum de Leituras http://viagempelomundodasleituras.blogspot.pt/. Visitem-no, pois vão descobrir inúmeras propostas de leitura, quer em vídeo ou material impresso!

Profª Bibliotecária
Lígia Freitas

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

"Boca Sã, em Corpo São!"


As sessões de sensibilização para a importância da saúde oral, iniciadas em novembro, tendo como dinamizadora a afável Drª Joana Gomes (Cruz Vermelha) continuam a realizar-se, na biblioteca escolar, tendo como objetivo fundamental sensibilizar para a importância da saúde oral na promoção da saúde individual.
A Drª Joana Gomes divulgou o site do Projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares)  que apresenta estratégias de promoção da leitura e da escrita, como leituras, músicas, filmes e jogos atrativos para crianças e jovens, deu a conhecer o "Denticionário" e projetou o vídeo "Super Sorrisos” em que os alunos visualizaram uma consulta de diagnóstico, prevenção e terapêutica, efetuada na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, em que a Oral Care tem um papel determinante na manutenção dos tratamentos.
Dada a importância desta temática, no dia doze de janeiro, foram concretizadas mais duas sessões para as turmas 5ºD, 6ºF, 8ºA e 8ºB. No final de cada sessão, os alunos receberam folhetos, amostras de pastas e elixires dentífricos.



A atividade "Boca Sã, em Corpo São!" desenvolve-se no âmbito do Projeto de Educação Para a Saúde e Educação Sexual, em estreita parceria com a Associação de Pais da Escola Básica D. Domingos Jardo e com a Cruz Vermelha. Os dinamizadores desta atividade estão de parabéns, por promoverem este tipo de ações que ajudam os alunos a aprenderem e a desenvolverem hábitos saudáveis de higiene oral.
Um grato agradecimento da profª bibliotecária, à habilidosa assistente operacional, Margarida Morais, pela execução do cativante dente, em 3D, assim como do porta-chaves que ofereceu à Drª Joana Gomes, detalhes, que fazem da nossa BE, um local muito singular!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

A Maior Lição do Mundo
Projeto “Articular … para Incluir”

A Maior Lição do Mundo é uma iniciativa promovida pelo Comité Português para a UNICEF e pela Direção-Geral da Educação (Ministério da Educação), que pretende contribuir para a reflexão e ação no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, envolvendo todas as crianças e jovens de Portugal.
Com o objetivo de promover uma cidadania global ativa, garantindo o acesso a uma educação inclusiva e equitativa, garantindo a oportunidade de participação e de aprendizagem de todos os alunos e numa ação conjunta entre os professores da Sala de Atividades Educativas Funcionais (SAEF), a Biblioteca Escolar e o Projeto de Educação para a Saúde e Educação Sexual (PESES), foi criado o Projeto “Articular … para Incluir”, tendo como destinatários os alunos do SAEF.
Nesse âmbito, os alunos participaram ativamente na sessão do Projeto “Newton gostava de ler!” - “Cristaliza esta ideia!”. Durante a execução da experiência os alunos foram sensibilizados para o papel que cada um pode ter na preservação do mar, enquanto elemento essencial para o equilíbrio do Planeta Terra e para a construção de um mundo mais saudável e mais sustentável.



Os alunos interagiram entre si na realização de sais de banho, atividade cujos resultados foram considerados muito positivos.



Profª bibliotecária

Lígia Freitas

sábado, 23 de dezembro de 2017

A BE deseja 

FELIZ NATAL
BOM ANO 2018



Obrigada, Dª Margarida Morais, pela elaboração do atraente painel que propiciou um ambiente tão
natalício à nossa BE!

A equipa da BE

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Vencedores do Concurso de Leitura recebem prémios!


No passado dia 12 de dezembro, decorreu na biblioteca escolar a cerimónia de entrega dos prémios do  "XXVI Concurso de Leitura Eduarda Galhoz", dinamizado pelo grupo de Português da DDJ, que decorreu no ano passado. Para além da leitura em língua portuguesa (do 4º ao 9º ano), o concurso envolveu também a língua inglesa (do 5º ao 9º ano) e a língua francesa (do 7º ao 9º ano).
Divulgamos as fotos só dos alunos premiados, que quiseram registar o momento e consentiram partilhá-lo no nosso blogue.



Obrigada a todos e muitos parabéns por terem prazer em ler e nos cativarem com as suas leituras!
Este ano, realizar-se-à mais uma edição do referido concurso e a biblioteca escolar, no início do 2º período irá lançar um novo desafio: participação da escola no Concurso Nacional de Leitura!
Para todos os que gostam de ler, será, sem dúvida, uma experiência aliciante. Divulgaremos a iniciativa através de cartazes e dos professores de Português.
Ficamos a contar com a vossa participação!


Profª bibliotecária
Lígia Freitas

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

VIVER COM O HIV



No mês de dezembro, decorreu na biblioteca escolar, o Workshop Viver com o HIV, dinamizado pelo Projeto de Educação para a Saúde e Educação Sexual (PESES), em parceria com a Associação de Pais e EE da DDJ e Associação SOL (Associação de Apoio às Crianças Infetadas pelo Vírus da Sida e Suas Famílias).

Depois das boas vindas, dadas pelo nosso Diretor, a assistente social Inês Gonçalves, da Associação SOL, juntamente com duas colegas com conhecimento específico nessa área realizaram duas sessões de formação para as turmas 5ºH, 6ºE, 7ºC e 9ºA. Começaram por explicar a diferença entre o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e a SIDA (Síndrome de Imunodeficiência Adquirida), esclarecendo que o primeiro é um vírus e a SIDA é a doença. Seguidamente, explicaram as formas de transmissão do HIV, abordando os comportamentos de risco e formas de prevenção. Os alunos receberam ainda panfletos informativos sobre a temática abordada.

As sessões contaram também com o testemunho real de uma jovem com HIV, que vive na “Casa SOL” e que respondeu abertamente a todas as questões que os alunos colocaram. Revelou que na “Casa SOL” existe uma proximidade afetiva, uma noção de pertença, que promove o sentimento de família.
A assistente social, Inês Gonçalves, referiu que a Associação SOL representa “solidariedade, luz, esperança, promoção da igualdade de tratamento e apoio na luta contra a discriminação e na promoção da cidadania e dos direitos do Homem e da Criança”.
No final, a Associação de Pais e EE DDJ ofereceu a recolha de bens alimentares que efetuou e que é sempre um ótimo contributo.



A BE congratula os dinamizadores da atividade e os intervenientes, por contribuírem para a melhoraria das aprendizagens dos alunos e para a sua formação enquanto cidadãos.


Profª bibliotecária
Lígia Freitas

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

DDJ & AJUDARIS'17
a solidariedade e a escrita de mãos dadas


Estávamos com o coração cheio de emoção para a festa de lançamento de mais um exemplar de HISTÓRIAS D'ENCANTAR. A edição de 2017!

O auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian foi o local escolhido, este ano. 
Encheu-se de cor e de entusiasmo de idosos felizes que deram o seu contributo como grupo coral, de crianças e adolescentes que cantaram, dançaram e elevaram os ânimos e ajudaram a desfazer o nervosismo. 

Um encantamento com cerca de  uma hora que nos levou a prolongar o fio dos sonhos.
(O projeto da Ajudaris nasceu no Porto e é mais a norte que costumam ter lugar os lançamentos anuais das histórias dos pequenos escritores.)
O espaço  da Gulbenkian dispensa apresentações e comentários, dada a sua respeitável projeção em eventos de caráter cultural, nomeadamente, naqueles que estão ligados aos livros e à escrita.
Para a Luna Rosa, aluna cujos textos foram escolhidos por dois anos seguidos,  o momento era muito importante, merecido, e  simultaneamente de uma enorme  responsabilidade.

Para mim, que ali estava a representar a turma com a qual me inscrevi no projeto, a DDJ e o agrupamento, no fundo, era um privilégio. 
Um momento dedicado  ao gosto pela escrita em sala de aula e à partilha do pouco que temos com quem mais precisa.

A Ajudaris, enquanto organização,  prima pelo apoio a muitas famílias carenciadas, não tendo nenhum fim lucrativo.
Estar com a Luna também me permitiu revê-la e dar-lhe um grande beijinho. Ela é o exemplo de aluno abnegado que tanto admiramos nas nossas escolas.
O balanço desta ação é muito gratificante.

Na realidade, somos muito agitados pela voragem dos dias e dos programas escolares, mas não restam dúvidas de que também devemos dar um pouco da nossa atenção, enquanto professores, a projetos que promovam valores como o da solidariedade.

Além de alunos, estamos, enquanto Escola,  a formar cidadãos livres e felizes.


Maria José Maciel
(refletindo sobre a tarde do dia 7 de dezembro)

domingo, 10 de dezembro de 2017

"A Maria Castanha" reforça laços entre as nossas escolas!

Tendo como objetivos motivar/reforçar a parceria e a cooperação entre escolas do Agrupamento, no dia 6 de dezembro, foi com enorme satisfação que a biblioteca escolar da DDJ recebeu a turma 4BM1 (Escola Básica de Mira Sintra) e a turma 4CM2 (Escola Básica Nº 2 de Mira Sintra), acompanhadas pelas respetivas professoras, Eugénia Duarte e Filomena Martins, pela professora de Educação Especial, Maria Conceição Campos e pela assistente operacional, Hermínia Esteves, para participarem no workshop " A Maria Castanha".
A atividade iniciou-se com a leitura da história "A Maria Castanha", de António Torrado, pela profª bibliotecária Lígia Freitas, que foi enriquecida com a colaboração de dois alunos na leitura (que interpretaram as personagens "Maria Castanha" e "vendedor de castanhas") e com a participação de todos, lendo em coro frases da narrativa.
Após a leitura, passou-se para a parte prática e divertida - workshop: elaborar a personagem "Maria Castanha" a partir de um chupa-chupa! O entusiasmo foi evidente e as "Marias Castanhas" tomaram vida com a habilidade dos alunos. Todas diferentes, mas muito vaidosas! Parabéns aos alunos visitantes pelo empenho na realização da atividade e pelo seu comportamento excecional.




Foi uma atividade enriquecedora que promoveu a partilha de experiências e o intercâmbio entre as escolas do Agrupamento!
O nosso agradecimento à assistente operacional, Margarida Morais, que realizou o placar de apresentação do workshop, que é sempre uma mais valia na divulgação das atividades promovidas pela BE!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

O “Conquistador” continua a dominar! 

Como já faz parte da tradição, o grupo disciplinar de História e Geografia de Portugal, em parceria com a Biblioteca Escolar, continua a apostar na  apresentação da recriação histórica O Conquistador, encenada pelo grupo de animação Espantástico, dirigida sobretudo aos alunos de 5º Ano de escolaridade.

Assim, nos dias 28, 29 e 30 de novembro, no espaço da biblioteca, foi montada uma tenda e colocados alguns objetos cénicos, que despertavam, de imediato, o interesse e a curiosidade dos alunos.


Esta atividade de animação pedagógica, para além de abordar conhecimentos históricos sobre a formação do Condado Portucalense, a educação do herdeiro Afonso Henriques, por Egas Moniz, as batalhas travadas por D. Afonso Henriques, para tornar o Condado Portucalense independente, cativou os alunos, pela interação, em que os alunos, juntamente com os animadores são também "protagonistas" nos vários episódios recriados.
Ao dinamizar este tipo de atividades, o grupo de História e Geografia de Portugal promove uma nova oportunidade de aprendizagem, que através de uma forma lúdica contribui para aumentar, nos nossos alunos, o gosto pela História do nosso país!
Uma vez mais, parabéns pela atividade!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas